Acheter generique lexapro escitalopram des prix avantageux dans une pharmacie en ligne sans ordonnance Acheter celexa citalopram livraison gratuite d une pharmacie en ligne fiable Acheter Atarax (Hydroxyzine) de France M├ędicaments en ligne Acheter Cialis Professional 100 mg ED Pharmacy en ligne Acheter Cialis Super Active 20 mg en ligne

bioenergia

Bioenergia: o que é e qual a importância na agricultura?

A bioenergia é a energia criada a partir da biomassa. Com ela, é possível gerar eletricidade, combustível e, até mesmo, usá-la para aquecimento, representando uma verdadeira revolução no quesito sustentabilidade e economia à produção no campo. Ela é uma das formas mais renováveis e econômicas disponíveis para manutenção do meio ambiente.

Como sabemos da sua importância nessa nova década, em que uma das prioridades é a adoção de práticas sustentáveis na agricultura, neste post, explicaremos o que é esse recurso e quais as principais fontes em que a bioenergia pode ser obtida. Além disso, confira quais são as vantagens e desvantagens de sua implementação para maior produtividade no campo. Acompanhe!

O que é bioenergia?

A bioenergia se refere à utilização da energia produzida a partir de resíduos orgânicos e de vegetais, sendo que a sua matéria-prima é a biomassa. É uma fonte de energia renovável e, a partir dela, podem ser gerados eletricidade, calor e combustível para o transporte.

A bioenergia vem representando uma verdadeira revolução no quesito economia. Com a sua implementação, a redução no gasto de gasolina para implementos agrícolas, como o trator, será significativa. Para se ter uma ideia, o consumo médio desse modelo no campo, com 75 CV de potência é de 13,41 litros por hora. Em uma jornada de trabalho de oito horas, o gasto seria, aproximadamente, de 107,28 litros de combustível.

Então, já imaginou uma fonte barata que substituísse a gasolina e que poderia, até mesmo, ser feita no campo? Essa é a principal proposta da bioenergia. Inclusive, a previsão é que, até 2050, as energias renováveis, como essa, corresponderão a 80% do consumo global

Alguns dos exemplos de biomassa que já estão sendo utilizados são bagaço de cana-de açúcar, milho, cereais, vegetais, frutas e dejetos orgânicos, como esterco. Além disso, os óleos vegetais, como o de soja e o de dendê, vêm se mostrando promissores como fonte de energia.

Qual a importância da bioenergia?

A bioenergia veio para mudar nossa concepção sobre o aproveitamento de resíduos para maior produtividade, desde o produtor agrícola até o consumidor final. É uma alternativa que vem ganhando cada vez mais destaque por ser uma alternativa às fontes poluentes, como o petróleo, o qual está se esgotando.

Além disso, ela é capaz de lançar menos gases na atmosfera e proporciona menor dependência das hidrelétricas. Outro ponto importante são os benefícios sociais, pois já existe uma expressiva geração de empregos no campo, diminuindo o êxodo rural. 

Dentre os insumos para a bioenergia, a cana-de-açúcar é a que mais se destaca. É porque trata-se de uma matéria-prima de baixo custo, alta quantidade de resíduos, principalmente, em usinas, e elevada capacidade de gerar energia por conta da concentração de glicose.

Contudo, para aproveitamento eficiente, é crucial contar com implementos totalmente desenhados para esse fim. Dentre eles, um que se destaca é a Colhedora de Cana Hover 500, da Jacto, com sistema 100% eficaz de aproveitamento com colheita de duas linhas. Se você está em busca de um modelo que otimize bem a colheita final para melhor produção de biomassa, vale a pena conferir.

Quais as principais fontes de bioenergia?

A bioenergia é diversificada, e os seus modelos se diferenciam pelo seu processo de fabricação e finalidade. Saiba mais detalhes nos próximos tópicos.

Biogás

O biogás se refere ao biocombustível gasoso, o qual é constituído, especialmente, de metano. Apresenta alto poder calorífero e é uma excelente alternativa para substituir o gás natural, que inclusive, é resultado de fontes não renováveis. É muito volátil e pode ser convertido em eletricidade.

Biodiesel

Esse modelo é produzido a partir de óleos vegetais. Mesmo não sendo um combustível totalmente limpo, por proporcionar emissão de gases poluentes na atmosfera, ele representa uma excelente alternativa de substituição do óleo diesel. 

Bioetanol

Refere-se ao combustível resultante de resíduos agroindustriais, como o bagaço da cana-de-açúcar e do milho. Além disso, o bioetanol passou a representar 50% do consumo nacional em 1994, e apresenta um índice 30% menor de emissão de gases de efeito estufa, quando comparado com o etanol.

Biometano

Esse recurso é produzido por meio da limpeza e purificação do biogás, sendo a sua maior parte também constituída por metano. Pode ser obtido em estações de tratamento de águas residuais, dejetos pecuários e aterros sanitários.

Para entender melhor, no país, o volume do biometano purificado saltou de 3%, em 2019, para 19%, em 2020, mostrando ser uma fonte promissora.

Quais são as vantagens e as desvantagens da bioenergia?

As principais vantagens que abrangem a biotecnologia estão relacionadas com a preservação ambiental. Como se trata de uma energia sustentável, ela garante o reaproveitamento de resíduos que seriam descartados para o meio ambiente e, assim, colabora em não intensificar o efeito estufa. 

Outro ponto crucial é o seu baixo custo de investimentos, sendo uma ótima alternativa a combustíveis convencionais, melhorando a qualidade do ar. É uma energia confiável, segura e eficiente, motivando pesquisas para inovações tecnológicas no assunto.

Contudo, não podemos nos esquecer do outro lado da moeda. As desvantagens não são muitas, mas, entre elas, a que podemos destacar são os fatores como desmatamentos de coberturas vegetais e utilização de bastante água para o processo.

Além disso, a queima da biomassa emite gases poluentes que, em grandes quantidades, podem contribuir para formação de chuvas ácidas e, até mesmo, de metilmercúrio — substância altamente nociva para a vida. 

Portanto, para evitar questões como essa, o planejamento e o consumo se tornam uma medida imprescindível, visto que a bioenergia será uma verdadeira aliada para a substituição de fontes não renováveis para a humanidade. Inclusive, o nosso país tem características que favorecem que essa energia renovável prospere, como as condições climáticas e a disponibilidade hídrica.

Dessa forma, somada com diversas inovações tecnológicas, como máquinas colhedoras eficientes e econômicas, contribuem para que esse cenário se torne possível. A bioenergia do Brasil garantirá maior economia e produtividade ao produtor por todo o país, em largas proporções.

O conteúdo sobre esse tema foi esclarecedor? Então, para você ficar por dentro das tendências tecnológicas no setor do agro, saiba tudo sobre agricultura 4.0 e suas inovações tecnológicas!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.