comunicação no campo

Quer saber como otimizar a comunicação no campo? Entenda aqui!

O guia completo das melhores práticas de adubação

A comunicação no campo apresenta características que lhe conferem importância principalmente na gestão da propriedade rural e suas demandas rotineiras. Fazer fluir a informação correta entre os diversos colaboradores da produção é fator essencial para a produtividade.

Por sua vez, descuidar desses aspectos pode levar a perdas de tempo e, ainda pior, conduzir a decisões equivocadas que podem resultar em custos desnecessários. Com a integração que a tecnologia permite, as informações têm de ser precisas e partir de uma fonte única para que não ocorram equívocos.

Continue a leitura e descubra como otimizar a comunicação no campo.

Comunicação centralizada

Quando se fala em gestão organizacional, de modo geral o modelo descentralizado ganha proporções e a preferência das empresas modernas. Mas, quando o assunto é comunicação na propriedade rural, a centralização é mais importante e tem suas vantagens indiscutíveis na gestão de colaboradores.

Uma vez que a comunicação envolve diversas ferramentas, a centralização permite o acesso a esses meios para o entendimento efetivo indispensável. Além disso, há que se considerar que no agronegócio é muito intensa a comunicação da porteira para fora, isto é, do produtor com o mercado e com fornecedores, entre outros.

Com isso, evita-se o risco de desencontro de informações e as consequentes decisões equivocadas que podem ser tomadas. Nesse sentido, uma comunicação centralizada reduz significativamente a confusão de dados duplicados e mensagens mal compreendidas.

Gestão operacional

Embora boa parte das tarefas ocorrentes na produção rural seja rotineira, é preciso que seja também integrada, de modo que todos falem a mesma língua e possam estar seguros de que receberam a mesma informação. Dessa forma, uma comunicação organizada no campo permite uma gestão operacional mais eficiente.

Ao mesmo tempo, necessidades surgidas durante as operações de produção podem ser solucionadas mais facilmente quando há uma comunicação mais integrada. É o caso, por exemplo, de demandas por assistência técnica ou por manutenção de um equipamento que apresentou algum defeito.

Com o mesmo sentido, integrar a equipe e os fornecedores externos torna a execução das tarefas mais dinâmicas, principalmente em situações de necessidades e mesmo de imprevistos. Considere ainda, que uma vez fazendo fluir a comunicação, toda a gestão de tarefas e atividades fica facilitada.

Atendimento ao cliente

No caso dos fornecedores, um canal de comunicação que deve ser otimizado é o que garante ao produtor um atendimento rápido mediante uma necessidade relacionada aos trabalhos da propriedade. Considere, por exemplo, a orientação para um determinado equipamento adquirido e sobre o qual o agricultor encontrou algumas dúvidas.

Uma ferramenta que criasse uma integração direta permitiria expor a questão e o atendimento já poderia se efetivar. Essa é uma grande solução para quem precisa produzir e não consegue fazê-lo estando com uma máquina parada.

Assim, o mesmo canal pode ser utilizado para registrar uma reclamação de algum aspecto que o desagradou como cliente. Ou, ao contrário, estando muito satisfeito com a aquisição de algum produto, desejar agradecer ou manifestar sua satisfação com o serviço recebido.

Gerenciamento de produtos e classificados

Muitas vezes a propriedade tem diversos itens de que não mais precisa. São materiais e equipamentos usados, mas que estão bons e em condições de utilização. Por vezes, simplesmente se deseja dispor um modelo novo.

Por meio de plataformas especializadas na comercialização de produtos e equipamentos usados, é possível anunciar para a venda algum item que não se queira mais. Desse modo, um instrumento de comunicação com esse fim no celular do produtor traria mais uma facilidade.

Com isso, seria possível gerar recursos extras a partir de equipamentos sem utilização ou que se pretende sejam substituídos por modelos diferentes ou mais novos. O anúncio para venda seria direto, assim como também os interessados fariam contato direto facilitando a negociação entre as partes.

Ferramentas financeiras

A obtenção de financiamentos, assim como o seu acompanhamento posterior, constitui uma inciativa importante que o produtor não deve deixar de lado. É também o caso dos consórcios de veículos ou de máquinas agrícolas, que também requerem atenção de modo que o produtor se mantenha informado.

A comunicação direta viabilizada entre o produtor e a instituição financeira ou a administradora do consórcio seria um grande facilitador. Além disso, permitiria simulações indispensáveis para que o produtor conheça as opções disponíveis quando pensar na obtenção de um financiamento.

Suporte para treinamentos

Máquinas e equipamentos agrícolas, cada vez mais, se tornam exigentes de conhecimentos que vão além da experiência com a operação. A tecnologia embarcou nas cabines das máquinas e precisa de pessoas treinadas para operá-la e dela tirar o melhor proveito.

Tanto a prática agrícola como a operação de máquinas e equipamentos invariavelmente requerem treinamento para os operadores e para o próprio produtor. Nesse sentido, um canal aberto que permitisse sinalizar demandas dessa natureza e efetivasse as capacitações e treinamentos necessários seria um grande parceiro.

Comunicação em família

Se a comunicação nas atividades produtivas da propriedade precisa ser otimizada, considere que na família rural essa também é uma tarefa importante do produtor. A sucessão familiar no agronegócio tem suas nuances próprias.

De todo modo, observa-se uma maior dificuldade de manutenção da continuidade da direção dos negócios pelos sucessores da família. E, nesse sentido, a comunicação interna pode ser de grande valia, assim como são os influenciadores digitais.

Um dos principais aspectos que deve ser considerado para facilitar essa comunicação é a inserção do universo da propriedade na tecnologia. Os jovens atualmente demandam conexão e tecnologia em tudo o que fazem. Conversar muito com os filhos e tornar o ambiente mais próximo das possibilidades que precisam pode ser uma grande saída.

Como se viu, o aprimoramento da comunicação no campo envolve diretamente o uso de tecnologia. A agricultura 4.0, por exemplo, é pura tecnologia no campo, aprimorando as atividades e melhorando os resultados em um ambiente de integração e modernidade que agrada à juventude.

Existe uma ferramenta que atende aos aspectos da necessária comunicação no campo e que aqui foram referidos. Trata-se do Jacto Connect, uma plataforma integrada e capaz de tornar bem mais fácil o trabalho do produtor rural, assim como as necessárias soluções para os problemas que surgem no dia a dia.

Na verdade, se trata da inserção do produtor rural em um verdadeiro ecossistema digital que você não pode deixar de conhecer.

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.