Acheter generique lexapro escitalopram des prix avantageux dans une pharmacie en ligne sans ordonnance Acheter celexa citalopram livraison gratuite d une pharmacie en ligne fiable Acheter Atarax (Hydroxyzine) de France M├ędicaments en ligne Acheter Cialis Professional 100 mg ED Pharmacy en ligne Acheter Cialis Super Active 20 mg en ligne

Conectividade nas áreas rurais: confira a sua importância

A internet e o acesso às tecnologias avançadas são essenciais para produtores rurais que queiram expandir as suas oportunidades de negócios. Neste post, falaremos mais sobre o conceito de conectividade no campo e a importância dela para que os agricultores modernizem as suas práticas e gerem mais receita em suas propriedades e também abordaremos o conceito de agricultura de precisão. Boa leitura!

O que é conectividade no campo?

A conectividade nas áreas rurais é o que permite que os produtores tenham amplo acesso a uma internet rápida e a tecnologias que otimizem as rotinas do seu negócio. O nível geral de conectividade no campo tem aumentado, mas ainda não chegamos aos 100% de alcance no Brasil.

Inclusive, as distinções entre a conectividade rural e a das áreas urbanas estão no alcance e na oferta de planos de conexão de rede no campo. Por isso, ainda há muito o que se melhorar em termos de conectividade no campo.

Quais são as consequências da falta de conectividade no campo?

Por meio de uma internet veloz e de ferramentas digitais, os agricultores se tornam capacitados para controlar diferentes aspectos da produção de maneira precisa. A modernização também se une a determinados conceitos, como a tecnologia verde, que fazem com que os trabalhadores ganhem em sustentabilidade e em receitas.

A conectividade e as tecnologias, somadas, proporcionam ganhos gerais — até para quem não trabalha no campo. Com o recurso, será possível bater recordes de produção sem a necessidade de abrir novos espaços de cultivo, por exemplo. Contudo, a falta de conectividade em muitas regiões no Brasil limita o crescimento do agro como um todo.

Além disso, é importante notar que a ampliação da conectividade ainda tem outro efeito benéfico: a capacidade de identificar erros de maneira mais ágil, por meio do monitoramento das máquinas. Com uma boa conexão, a resposta surge em tempo real, facilitando a tomada de decisão por parte do produtor.

O que é a agricultura digital?

A agricultura digital — também conhecida como agricultura de precisão, agricultura 4.0 ou agrotecnologia — é uma abordagem que aplica as tecnologias e o maquinário moderno para otimizar a gestão das culturas agrícolas.

No entanto, isso não é feito apenas por uma tecnologia, mas por várias. Além disso, torna-se possível agregar dados relacionados ao clima, ao relevo e ao cultivo, o que possibilita a tomada de decisões mais embasadas — e o melhor: simultaneamente.

Com todas essas características, não é nenhuma surpresa constatar que a implementação das tecnologias depende de uma boa conectividade nas áreas rurais. Afinal, muitas dessas ferramentas precisam de uma conexão estável para ajudar os produtores em seu dia a dia.

Um exemplo é a Jacto Next, a área de serviços dedicados à agricultura 4.0 da Jacto, que fornece um pacote de soluções integradas desenvolvidas para que a sua área de cultiva possa ser inteiramente digitalizada. Com o ecossistema da Jacto, que também engloba a plataforma EKOS, o produtor terá o melhor de três mundos: desempenho, sustentabilidade e qualidade na lavoura.

Também podemos mencionar o Arbus 4000 JAV, o pulverizador autônomo da Jacto. Com ele, a aplicação de defensivos agrícolas e componentes químicos será feita de forma precisa. O número 4.000 faz referência aos 4.000 litros do reservatório, que garantem mais autonomia para o trabalho.

Tecnologias da agricultura digital

Como mencionamos, várias tecnologias representam a agricultura digital. Por meio da utilização de dispositivos de Internet das Coisas (IoT), por exemplo, será possível monitorar o relevo, a umidade do solo e, é claro, mapear as pragas e insetos, a fim de combatê-los de forma precisa.

Os avanços na conectividade no campo permitem que os produtores cortem focos de desperdício. Com dados mais sólidos, a irrigação se torna mais focalizada, assim como a aplicação de nutrientes e dos defensivos agrícolas necessários para manter uma boa produtividade.

É a internet, dependendo da conectividade nas áreas rurais, que proporciona a conexão entre diferentes dispositivos e bancos de dados durante a operação das tecnologias.

Confira alguns exemplos de aplicações práticas que dependem de um bom nível de conectividade:

  • utilização de drones — essas tecnologias conseguem realizar a varredura das plantações e armazenar imagens em alta resolução. Aí, torna-se mais fácil acompanhar o desenvolvimento das lavouras, identificar as pragas e analisar a área plantada como um todo;
  • aplicação de defensivos agrícolas em áreas específicas — nesse caso, os drones e os satélites também são úteis para que os produtores consigam realizar uma aplicação mais focada;
  • acesso a dados de funcionamento das máquinas — o produtor poderá conferir, em tempo real, informações sobre a área percorrida, o consumo de combustível, a velocidade de aplicação de insumos, entre outras;
  • sensores para realizar o controle de estoque dos produtos — essas ferramentas ainda medem temperatura, tempo de armazenamento, quantidade total, entre outros fatores;
  • sistemas automatizados — para que as próprias máquinas realizem tarefas de plantio, manutenção, colheita, entre outras;
  • uso de Inteligência Artificial (IA) — para mapear padrões climáticos e para que o produtor possa reconhecer tendências de mercado por meio da análise de dados digitais realizada pela tecnologia.

Quais são os desafios da implantação da conectividade rural?

Alguns dos desafios para a melhoria da conectividade rural no país passam pelas políticas governamentais, por investimentos na infraestrutura de internet, pelos avanços tecnológicos e pela conscientização dos agricultores brasileiros.

Afinal, quanto mais pessoas entenderem os benefícios de uma conectividade ampla, maior será a força que a sociedade poderá exercer sobre políticos e profissionais responsáveis pelas iniciativas relacionadas à expansão da Internet no país.

Além disso, apesar de o agronegócio brasileiro ser referência mundial, nem todo produtor brasileiro tem os recursos necessários para adotar tecnologias de ponta. Diante disso, a ampliação da conectividade não faria tanta diferença imediata para eles.

No entanto, vale notar que só a presença de um sinal estável de Internet já é o suficiente para otimizar o trabalho. Na prática, o produtor poderá se conectar com os seus parceiros rapidamente via WhatsApp ou procurar produtos e oportunidades de negócios na rede, por exemplo.

Aliás, uma boa ideia é buscar capacitação técnica para poder utilizar as tecnologias da melhor maneira possível. Participar de programas de treinamento e conhecer cada uma das ferramentas é um grande incentivo para a modernização das práticas agrícolas brasileiras, de modo que nos tornemos ainda mais relevantes no cenário global.

Vimos que a conectividade nas áreas rurais é essencial para que os produtores brasileiros produzam mais e com a qualidade necessária para atender às populações brasileira e mundial. Afinal, por meio dela, será possível implementar a agricultura de precisão, por exemplo, e garantir lavouras mais produtivas.

Agora, aproveite a visita ao blog da Jacto para ler mais conteúdos como este!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.