gerenciamento rural

Gerenciamento rural: veja 4 passos para melhorar a produção rural

O guia completo das melhores práticas de adubação

Um bom gerenciamento rural faz toda a diferença nos resultados da atividade. Por isso, esse é um tema que tem ganhado cada vez mais relevância entre os produtores que querem profissionalizar a gestão e conquistar novos patamares dentro do segmento.

Se você não sabe muito bem por onde começar a ajustar seu gerenciamento de fazenda para melhorar a produção, não se preocupe. Nós preparamos uma série de dicas que vão ajudar você a se nortear nesse processo. Então fique de olho e aproveite!

1. Acompanhe tendências tecnológicas

Nossa primeira dica é que você acompanhe as tendências tecnológicas para o agronegócio. O gestor rural pode até ter em mente que a implementação desses recursos é algo caro e complexo, mas, na verdade, é a tecnologia que vai ajudar a ter mais controle sobre os dados da propriedade e tomar as melhores decisões a partir deles.

Essa também é uma maneira muito eficiente de otimizar a produtividade rural, especialmente se considerarmos alguns dispositivos, como drones, sensores e automação. Desse modo, você consegue fazer mais em menos tempo, e com uma qualidade confiável.

2. Selecione métricas

Outro aspecto muito importante para otimizar o gerenciamento das atividades rurais é estabelecer métricas que devem ser acompanhadas constantemente.

Já é de conhecimento de todos que aquilo que não é medido não pode ser melhorado, certo? Portanto, adotar essa estratégia na gestão rural é uma forma de mensurar o desempenho da propriedade.

Com isso, você pode entender melhor quais são os pontos que merecem sua atenção redobrada para que a propriedade cresça de maneira consistente.

3. Faça um bom controle financeiro

O controle financeiro é um fator determinante para o sucesso de um negócio. Infelizmente, muitos produtores acabam misturando as finanças pessoais com as da propriedade ou simplesmente movimentando caixa sem manter nenhum registro sobre ele. Assim, no final da safra, por exemplo, é impossível saber o que foi custo e o que foi dinheiro escoado para outras finalidades.

Portanto, ter um controle e um planejamento orçamentário é algo essencial. Assim, você destina fatias específicas dos recursos financeiros disponíveis para cada finalidade:

  • compra de insumos;
  • aluguel de máquinas;
  • contas de consumo (água e luz);
  • pagamento de funcionários;
  • compra de animais;
  • investimento em equipamentos etc.

4. Não tenha medo de inovar

Apesar de ficar um pouco de lado no dia a dia, a inovação também pode impactar significativamente os resultados da propriedade rural. Isso porque ela dá a você uma nova perspectiva de trabalho, propondo melhorias interessantes.

Adotar um sistema de produção integrada é um exemplo de inovação para o seu negócio, que vai otimizar a produtividade. Recorrer a energias de fontes renováveis também. O mesmo vale para a implementação de tecnologia de ponta e agricultura de precisão.

Como você pode ver, uma boa gestão depende de vários fatores. Mas são eles que permitem que você tome decisões mais conscientes e consiga aumentar a sua produção, sem elevar os custos na mesma medida. Com isso, você garante uma lucratividade maior.

E agora que você já está por dentro da importância e de como fazer um gerenciamento rural, que tal ficar por dentro de outros assuntos de seu interesse? Assine nossa newsletter e receba todas as novidades diretamente por e-mail!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.