inteligência preditiva

Entenda o que é inteligência preditiva e como usá-la no campo

O guia completo das melhores práticas de adubação

A previsibilidade no campo é fundamental para promover decisões mais assertivas e antecipadas sobre o cuidado na lavoura, a previsão do tempo e o plantio no momento certo. Esses pontos são extremamente importantes para que os agricultores possam poupar recursos, garantindo melhor produtividade. É aí que entra a aplicação da inteligência preditiva.

Inovações tecnológicas, como a Internet das Coisas, Big Data e outros instrumentos, permitem que a agricultura se desenvolva de forma preditiva, com capacidade de análise, comparação e avaliação estratégica. Assim, é possível prever eventos futuros e aprimorar a produção. Mas, do que se trata isso afinal? Acompanhe este post e saiba mais!

O que é inteligência preditiva e quais são as suas vantagens?

Inteligência preditiva significa, basicamente, a análise de padrões de comportamento que sinalizam tendências para o futuro. Na agricultura, isso torna possível uma projeção útil em variadas frentes, desde problemas em equipamentos até a incidência de pragas, comportamento do clima, fertilidade do solo e outros, viabilizando a tomada mais rápida de decisões importantes.

Veja a seguir as vantagens de implementar a inteligência preditiva no campo.

Facilita a tomada de decisões

A análise preditiva no campo traz como vantagem principal o conhecimento de cenários futuros, com o intuito de viabilizar a tomada de decisões de maneira antecipada. Dessa forma, o agricultor pode reduzir o uso de defensivos agrícolas, diminuir custos de produção e causar menos impactos ao solo e ao meio ambiente como um todo.

Reduz custos

Uma agricultura apoiada em dados pode gerar muitos ganhos para a indústria agrícola e para a economia global. Nesse sentido, o uso da inteligência preditiva reduz os custos e ajuda os produtores rurais a gerenciar melhor seus riscos.

Com tecnologia de ponta, cria-se, ainda, melhores condições de obter mais proteção contra medidas governamentais, além das oscilações de mercado, tanto nacional quanto internacional.

Garante mais produtividade

A população do planeta tende a crescer e isso significa um aumento de demanda por alimentos, o que leva à necessidade de melhorar a produção com o uso de recursos mais eficientes. Sendo assim, a inovação crescente em tecnologia agrícola com análise de dados será vital nesse processo.

Como aplicá-la no campo e quais ferramentas utilizar?

No campo, a inteligência preditiva pode ser usada para fazer projeções com o máximo de precisão, reunindo a maior quantidade possível de informações que gerem modelos diversos.

Assim, a inteligência artificial ou os cientistas de dados usam métodos estatísticos e científicos a fim de selecionar o cenário mais provável. Depois, outros dados são incluídos no modelo, que assegura uma precisão mais elaborada para uma melhor tomada de decisão.

Inteligência artificial

Os computadores não param de evoluir e sua capacidade aumenta mais a cada dia. Eles contam com habilidades de analisar quantidades enormes de dados e de tomar decisões bastante complexas. Além disso, aprendem com erros e informações inéditas, quando são acrescentadas.

Por isso, essas ferramentas tecnológicas ajudam a pular etapas e agilizar a gestão, possibilitando um aproveitamento melhor do tempo dos gestores no campo. Dessa maneira, o gestor rural consegue fazer seu planejamento estratégico com um foco mais direcionado. 

Big Data

É importante saber como usar dados na agricultura preditiva, já que essa metodologia é matemática. E, para que as novas tecnologias contribuam com os negócios, é necessário usar uma grande quantidade de dados, tanto externos quanto internos.

Eles são fundamentais para análise, avaliação de estratégias, comparação e tomada de decisão. Assim, o Big Data é, portanto, a essência da gestão de dados de uma fazenda. Contém o que há de mais precioso na atualidade: informação abundante.

Internet das Coisas

A Internet das Coisas é o conjunto tecnológico de facilidades para permitir que máquinas conectadas a sensores e computadores prevejam avarias em peças, regiões afetadas por doenças e pragas, o comportamento do clima, a fertilidade do solo etc.

Essa tecnologia é a inteligência preditiva em ação e garante comunicação direta entre equipamentos por intermédio de conexões sem fio e sensores. Assim, o agricultor ganha agilidade para decidir onde e como tomar as medidas cabíveis no campo, de acordo com a situação.

Se você quer saber mais sobre esse assunto e outras especialidades da Jacto, entre em contato com a nossa equipe. Estamos sempre abertos para uma boa conversa!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.