UNIPORT 30 anos: conheça a máquina que revolucionou a produção rural!
uniport

UNIPORT 30 anos: conheça a trajetória de sucesso da máquina que revolucionou a produção rural

Em 2019, a Jacto comemorou 30 anos de sucesso da linha UNIPORT. Essa família de pulverizadores automotrizes tem feito parte da história de muitos produtores rurais e, ao longo desses anos, ganhou diversas melhorias que elevaram bastante o nível de eficiência operacional e precisão.

Neste post comemorativo, você vai conferir como se deu essa evolução e como as principais tecnologias agregadas impactaram de modo muito positivo os resultados dos processos de produção no campo!

A evolução da linha UNIPORT

O primeiro UNIPORT foi comercializado pela Jacto em 1989, e ele representou uma grande evolução no cenário das operações agrícolas mecanizadas da época. Como o modelo era articulado, o equipamento acompanhava perfeitamente o desenho do terreno. O seu objetivo principal era que o agricultor contasse com uma única máquina que pudesse ser utilizada em diferentes operações, como adubação e pulverização. Foi dessa ideia que surgiu o nome UNIPORT — pórtico universal.

O UNIPORT trouxe ao mercado de máquinas agrícolas diferenciais muito inovadores. Por exemplo, em vez de ser o tradicional conjunto trator e implemento, o modelo consistia em um único equipamento, chamado de automotriz. Além disso, era possível trabalhar em velocidades maiores, de modo a aumentar a quantidade de área tratada, o que representava mais produtividade. Por fim, fornecia ao operador mais conforto e proteção na cabine.

Dessa forma, a Jacto se tornou a pioneira em desenvolver produtos que atendessem aos anseios de produtores rurais e do agronegócio em geral — uma iniciativa que corrobora o espírito inovador da empresa. Com isso, criou-se uma tradição no desenvolvimento e produção de equipamentos que conseguem unir força, qualidade, longa vida útil e segurança para as operações. Como prova disso, o primeiro modelo do UNIPORT, que foi criado há três décadas, ainda existe em operação!

Ao longo desse tempo, a Jacto implementou diversas inovações tecnológicas que permitiram a otimização das operações do campo e garantiram melhores resultados ao agricultor.

8 melhorias que a linha UNIPORT trouxe para a produção rural

Desde que o primeiro modelo UNIPORT foi lançado em 1989, as automotrizes passaram a embarcar novas ferramentas e tecnologias. Isso resultou em 8 modelos disponíveis que dão suporte a diversas configurações e aplicações no campo. Entenda melhor os aprimoramentos que foram feitos!

1. Maior precisão e economia

Ser mais preciso significa aplicar produtos na medida certa, sem desperdícios ou deficiências nas passadas. E os pulverizadores que temos hoje são muito mais eficientes e econômicos do que eram há 30 anos. Isso é possível graças a motores mais modernos que reduzem o consumo de combustível. Além disso, as tecnologias de precisão gastam menos insumos e reduzem ao máximo o impacto ambiental gerado por deriva ou outros fatores que possam impedir que a gota chegue ao alvo.

Uma dessas tecnologias é o controle automático de abertura e fechamento bico a bico. Ligado aos sistemas de telemetria, ele impede a sobreposição em áreas já tratadas, desligando bicos que estejam passando por esses locais. A economia chega a ser de 10%, em média. Quando aliamos essa tecnologia a mapas de gestão de pulverização, os ganhos em eficiência são ainda mais significativos ao final da safra.

2. Maiores barras de pulverização

As barras de pulverização também evoluíram. Hoje, elas são maiores, alcançando uma área maior de aplicação, o que garante menos passadas e mais eficiência operacional. O UNIPORT 4530, por exemplo, é o maior da categoria, com barras que vão de 36 a 42 metros. Além disso, os tanques suportam um grande volume de calda, chegando a 4.500 litros de produto. Dessa forma, o equipamento fica mais tempo em operação, com menos paradas para abastecer.

3. Maior velocidade de trabalho

Outro quesito que impacta a eficiência operacional é a velocidade de trabalho. Para isso, um conjunto bem projetado de suspensão, transmissão e motorização dos veículos foi aprimorado para permitir que a automotriz alcance velocidades maiores, sem que isso afetasse a integridade do equipamento, o conforto do operador e a qualidade da aplicação. Essas máquinas hoje chegam a trabalhar a 35 km/h fazendo a pulverização, e 65 km/h no translado.

4. Adaptação às culturas de maior porte

Culturas mais altas exigem pulverizadores com maior vão livre e altura de barra mais elevada. O UNIPORT partiu de um vão livre de 1,30 metro para 1,75 metro. Quanto à barra, ela atinge hoje 2,75 metros, contra 2 metros dos modelos mais antigos.

O UNIPORT 3030 Canavieiro, por exemplo, atinge uma demanda específica de uma cultura de maior porte, operando a uma altura de trabalho que varia entre 0,50 metro e 2,50 metros, de modo a se adaptar a diferentes fases de desenvolvimento da planta.

5. Direcional nas quatro rodas

Tradicionalmente, a direção do UNIPORT estava nas duas rodas dianteiras. Com o tempo, surgiram modelos da linha com um diferencial muito significativo: o direcional das quatro rodas. O sistema direcional traseiro UNITRACK reduz consideravelmente o tempo de manobras e evita o amassamento das plantas na lavoura.

6. Mais qualidade na aplicação

De nada adiantaria aprimorar as tecnologias se não houvesse ganhos na qualidade das aplicações — esse aspecto foi um dos pontos altos na evolução do UNIPORT. Hoje, o controle de pulverização é muito mais preciso, de modo que a pressão e a vazão do produto nos bicos são constantes. Além disso, um sistema de suspensão das barras torna a aplicação ainda mais estável.

O UNIPORT também conta atualmente com uma grande diversidade de bicos de pulverização que podem se ajustar a diferentes condições de produto, volume, pressão e clima.

Como ferramenta adicional para auxiliar os operadores a selecionar o bico de pulverização mais adequado, a Jacto disponibiliza o Smart Selector, um aplicativo que leva em conta as variáveis da aplicação para indicar a ponta mais apropriada. Ele está disponível para download em dispositivos WindowsAndroid e iOS.

7. Ferramentas da agricultura de precisão

A linha UNIPORT acolheu bem as ferramentas da agricultura de precisão para garantir operações ainda mais eficientes. Alguns desses recursos são o piloto automático, a barra de luz, a correção de sinais, os sensores de temperatura e umidade, a telemetria, as aplicações em taxas variáveis, entre outros. São instrumentos que auxiliam na tomada de decisões e ajudam a elevar a qualidade da aplicação.

8. Menos impacto ambiental

Essas tecnologias permitiram o aprimoramento também na diminuição do impacto ambiental decorrente das operações de pulverização. Ao longo do tempo, surgiram normas específicas para pulverizadores e outras leis ambientais e de segurança, como a NR 12 (para garantir a segurança dos operadores) e a fase MAR-1 do Proconve (Máquinas Agrícolas e Rodoviárias — Fase 1), que define limites para emissão de gases poluentes.

Todas essas evoluções da linha UNIPORT citadas garantiram maior eficiência operacional, qualidade de aplicação e segurança aos processos. Dessa forma, o agricultor consegue elevar os resultados da safra de modo surpreendente, reduzindo custos e desperdícios e minimizando impactos ambientais.

Quer saber mais sobre como a linha UNIPORT pode ajudar a otimizar as suas operações? Entre em contato com a nossa equipe de especialistas e tire todas as suas dúvidas!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This