Inspeção de máquinas agrícolas: checklist do que deve ser observado

Inspeção de máquinas agrícolas: checklist do que deve ser observado

Checklist é uma lista de itens usada para verificar de forma sistemática as condições de um produto, processo, serviço ou tarefa. Trata-se de uma ferramenta de gerenciamento indispensável em qualquer setor. E por que não usar essa metodologia na inspeção de máquinas agrícolas?

A manutenção desses instrumentos do campo é fundamental para garantir o sucesso da sua lavoura. Por isso, produzimos este artigo para propor um checklist de inspeção que vai ajudá-lo a não se esquecer de nenhum detalhe ao cuidar das suas máquinas. Confira!

Qual é a importância e a periodicidade ideal da inspeção de máquinas agrícolas?

A inspeção de máquinas agrícolas é fundamental para garantir uma durabilidade maior aos equipamentos que dão suporte ao trabalho no campo. Apesar de a vida útil de um motor ser medida em quilômetros, e não necessariamente em tempo, a manutenção contribui para que a máquina funcione sempre em condições ideais, para as quais foi projetada.

Dessa forma, os desgastes de componentes podem ser evitados ou monitorados e as peças substituídas para evitar a sobrecarga de outros elementos do sistema, o que traria prejuízos muito maiores.

Além da durabilidade, é preciso lembrar que a inspeção de máquinas agrícolas está relacionada à segurança de toda a operação. Verifica-se que muitos tratores não apresentam condições adequadas para garantir o conforto e a segurança do operador ao longo do seu trabalho, o que inclui ajustes de banco, cinto e itens necessários para o tráfego em rodovias, como faróis, luzes de freio, advertência, direção e ré, buzina e espelho retrovisor.

Esses dispositivos dão segurança não somente ao operador, mas também a todos os envolvidos no processo produtivo, bem como de pedestres e outros motoristas, caso o trator esteja transitando em rodovias.

Além disso, é uma unanimidade que a manutenção adequada de máquinas agrícolas também contribui para a eficiência das operações de adubação, plantio, pulverização e colheita. Seus componentes, em boas condições de uso, permitem que a máquina dê os resultados esperados, conforme o que foi projetado pelo fabricante.

E são muitos os componentes que devem ser verificados: bombas hidráulicas, cabine, óleo de motor, radiador de água, filtros de ar, combustível, correias, entre outros.

Alguns desses itens exigem uma periodicidade diária, outros demandam uma inspeção com uma frequência maior. Existem diversos fatores que influenciam. Por exemplo, as horas trabalhadas, tipo de uso da máquina, recomendações do fabricante etc. Tudo isso de deve ser levado em conta.

Quais são os riscos de não realizar a inspeção de forma correta?

São inúmeros os riscos que o produtor corre por não cuidar da manutenção das suas máquinas. Podemos dividir esses prejuízos em três categorias.

Segurança do trabalho

Ao operar máquinas que não passam por uma manutenção adequada, os funcionários correm o risco de sofrer acidentes de trabalho. Entre os problemas que podem surgir estão:

  • explosão;
  • queda de peças;
  • intoxicação;
  • perda da direção.

Além disso, manejar equipamentos agrícolas que perderam a qualidade de operação pela falta de inspeção pode causar danos à saúde do operador em longo prazo, seja pela emissão de gases poluentes e pelo alto grau de ruídos, seja pelo maior esforço que terá que fazer em máquinas desreguladas.

Produtividade da lavoura

Máquinas que não funcionam corretamente não conseguirão alcançar o nível de produtividade para os quais foram fabricados, sendo incapazes de entregar um nível de excelência satisfatório. Isso resulta em falhas na produção, como problemas nos processos de colheita (frutos machucados ou em uma quantidade abaixo do esperado), doses equivocadas na aplicação de defensivos etc.

Tudo isso se reflete no produto final entregue ao consumidor, tanto na baixa quantidade, que acaba encarecendo as mercadorias ou comprometendo o retorno do investimento, quanto pela falta de qualidade.

Prejuízo financeiro

Os danos ao caixa do negócio ocorre tanto pela queda na produtividade da lavoura quanto pela redução de vida útil dos equipamentos, que precisarão de reparos mais caros ou de substituições precoces. Afinal, dependendo do nível de deterioração dos componentes da máquina agrícola, fica praticamente impossível de recuperar, sendo necessária a compra de um novo modelo.

Certamente, você deseja evitar esses problemas, não é mesmo? Então vamos propor um checklist para a inspeção de máquinas agrícolas!

Quais são os principais itens que devem ser inspecionados?

Armazenamento e estofamento

Um item básico para manter a durabilidade da lataria das máquinas agrícolas é assegurar que estejam armazenadas em local coberto. Isso conserva também o estofado da cabine. Esse material deve ser limpo com produtos neutros para evitar manchas e corrosão.

Lubrificação

É necessário verificar todas as partes móveis e motores para avaliar a necessidade de lubrificação. O óleo serve para reduzir o atrito entre as partes, preservando suas propriedades e garantindo maior durabilidade aos materiais e eficiência à operação. O fluido também pode ser usado para limpar algumas dessas peças móveis.

Os seguintes óleos lubrificantes devem ser observados:

  • motor;
  • caixa de marcha;
  • caixa de direção
  • óleo/fluido de freio;
  • diferencial dianteiro;
  • diferencial traseiro;
  • sistema hidráulico;
  • tomada de força.

Filtros

Todos os filtros devem ser limpos e substituídos quando necessário, conforme as especificações do fabricante. Filtros de ar, por exemplo, necessitam de limpeza para evitar a entrada água e impurezas no motor — normalmente só podem ser limpos até 5 vezes. Já o filtro de combustível precisa ser drenado diariamente. Verifique os filtros da máquina:

  • ar;
  • combustível;
  • lubrificante;
  • sistema hidráulico.

Trocas e serviços

Há diversos componentes que durante a inspeção de máquinas agrícolas precisam ser avaliados com cuidado:

  • uso de aditivo do radiador;
  • graxa lubrificante no veículo e em seus implementos agrícolas;
  • água do radiador;
  • correia do motor;
  • calibragem e troca de pneus;
  • chassi;
  • bateria.

Instalação de novas peças

Ao fazer a manutenção e houver a necessidade de trocar peças, certifique-se de instalar componentes de qualidade, de fabricantes reconhecidos no mercado e que também sejam compatíveis com o modelo da sua máquina. Materiais de má qualidade apenas darão dor de cabeça.

Quais tecnologias auxiliam na inspeção e manutenção das máquinas agrícolas?

Existem hoje no mercado diversas tecnologias que se aliam ao trabalho no campo para ajudar os produtores rurais a melhorar seus processos produtivos. É o caso do Google Glass. Esse dispositivo vestível funciona como um óculos que exibe em uma pequena lente uma série de informações e uma câmera capaz de registrar imagens automaticamente, apenas com um comando de voz.

Em trabalhos de manutenção, por exemplo, o dispositivo consegue ler o código da máquina e exibir para o operador um checklist das inspeções dos componentes. Ao substituir um computador ou tablet, ele agiliza o processo de verificação.

Outras inovações na área da agricultura de precisão equipam as máquinas agrícolas com dispositivos e softwares que informam ao operador as condições do veículo e da operação em tempo real.

Não é novidade que a manutenção preventiva é uma estratégia fundamental para o produtor rural reduzir custos e garantir a durabilidade dos seus equipamentos e maior qualidade nas operações. Além disso, a inspeção de máquinas agrícolas também podem reduzir falhas e evitar paradas desnecessárias ao longo do processo produtivo.

Gostou das dicas? Podemos enviar mais novidades do setor para você por e-mail: basta assinar a nossa newsletter!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This