Acheter generique lexapro escitalopram des prix avantageux dans une pharmacie en ligne sans ordonnance Acheter celexa citalopram livraison gratuite d une pharmacie en ligne fiable Acheter Atarax (Hydroxyzine) de France M├ędicaments en ligne Acheter Cialis Professional 100 mg ED Pharmacy en ligne Acheter Cialis Super Active 20 mg en ligne

smart farming

Smart farming: o que é, benefícios e principais tecnologias!

Fazer mais com menos recursos se tornou uma necessidade crescente na agricultura. Afinal, isso reduz desperdícios e minimiza o desgaste ambiental, que são atuais demandas dos consumidores atuais. Inclusive, a estimativa da ONU é que a produção de alimentos deve aumentar em 70% para atender à população mundial em 2050. Diante desse contexto, surge o conceito de smart farming.

Trata-se da agricultura inteligente, focada na otimização da produção para trazer mais eficiência e diminuir desperdícios. Isso é possível com a adoção de tecnologias avançadas, por exemplo, que aproximam a análise dos produtores rurais sobre a plantação, cultivo, colheita e muito mais. 

Quer entender mais sobre o conceito de smart farming, seus principais benefícios, as tecnologias envolvidas e como anda o cenário da agricultura inteligente no Brasil? Continue a leitura!

Entenda o que é smart farming

Conforme mencionado, o termo smart farming traduzido para o português quer dizer “agricultura inteligente”. Consiste em um conceito popularizado nos últimos anos, principalmente por conta das mudanças trazidas na agricultura digital, da maior conscientização da população e dos impactos do agronegócio.

Diante das transformações ocasionadas, o smart farming surge com o propósito de contar com a tecnologia para aumentar a eficiência agrícola. Por exemplo, é possível tornar o plantio mecanizado e substituir a mão de obra tradicional. Assim, os produtores rurais elevam a produtividade, otimizam o tempo de colheita e reduzem os gastos com a contratação de colaboradores. 

Caso contrário, se os produtores rurais manterem o apego a técnicas e recursos tradicionais, fica mais difícil aumentar a competitividade entre os mercados agrícolas. Afinal, tais metodologias não se alinham mais com as necessidades atuais nem com a quantidade de informações que o setor precisa lidar.

Para atuar com a eficácia necessária, produtores rurais devem ter informações precisas sobre:

  • qualidade da terra;
  • controle de pragas;
  • irrigação das plantações;
  • questões meteorológicas e climáticas.

Saiba como está o cenário de smart farming no Brasil

Diante da relevância do conceito de smart farming para os produtores rurais, muitos já começam a despertar para a agricultura 4.0 e a atualização no setor. Por exemplo, em 2020, A Região Sul teve a primeira Smart Farm do país, mais especificamente em Ponta Grossa, no Paraná. 

Assim, a área passou a contar com tecnologias avançadas, como equipamentos de precisão, drones, imagens de satélites e sensores. Tais recursos são úteis para desenvolver, avaliar e divulgar as melhores estratégias no agronegócio. Consequentemente, o processo agrícola pode se tornar mais sustentável e conseguir diminuir gastos. 

Além disso, outros produtores rurais do Brasil já começaram a investir na digitalização dos processos agrícolas. Um exemplo disso é a inserção da tecnologia 5G, que:

  • auxilia na redução de energia;
  • eleva a segurança;
  • transmite dados relevantes em alta velocidade. 

Em outras palavras, as redes 5G permitem aos produtores rurais um melhor enfrentamento dos desafios. Entre eles, as mudanças climáticas e o aumento populacional. Além disso, essa tecnologia facilita o trabalho dos produtores.

Porém, o cenário ainda está longe de ser considerado uma agricultura inteligente. Isto é, dados da Pesquisa FAPESP evidenciam que apenas 5% dos processos agrícolas no Brasil têm conexão com a internet. Contudo, a previsão de um levantamento da Statista é que o mercado de smart farming passe para US$ 34 bilhões até 2026.

Conheça os benefícios do smart farming

Como visto, o conceito de smart farming já começou a ser aplicado em muitos processos agrícolas, o que sinaliza a importância dele para o agronegócio. A seguir, saiba mais sobre os benefícios proporcionados pela agricultura inteligente!

Insights em tempo real

Os produtores rurais precisam lidar com diversas informações para garantir a qualidade no trabalho. Então, quanto mais rápido os dados chegarem, maior é a velocidade com que as decisões podem ser tomadas. 

Tudo isso ocorre a partir de análise em tempo real do conteúdo fornecido, o que também traz mais embasamento na tomada de decisão. Caso contrário, sem contar com tecnologia, o registro das tarefas e eventos efetuados no dia é mais demorado.

Controle da qualidade de produção

A qualidade de produção pode minimizar desperdícios, impedir o desgaste ambiental e alavancar a satisfação do consumidor. Assim, outro benefício do smart farming é potencializar o controle da qualidade de produção, por meio da automação dos processos agrícolas. 

Por exemplo, a partir desse recurso, é possível colher as mudas mecanicamente e distribuir na linha de plantio. E, ainda, a mecanização auxilia na distribuição de adubos e defensivos. Logo, a plantação proporciona mais rendimento e eleva os padrões de qualidade.

Redução de custos

A melhora na qualidade na produção agrícola minimiza erros e refações, o que diminui custos. Além disso, os produtores rurais economizam na contratação de mão de obra, já que as máquinas executam boa parte das operações. 

Identificação precoce de doenças e pragas

Como visto, a smart farming conta com diversos recursos tecnológicos capazes de acompanhar minuciosamente os processos agrícolas. Um dos benefícios que isso proporciona é a identificação precoce de possíveis doenças e pragas na plantação. Logo, os produtores rurais podem agir rapidamente para conter os danos.

Otimização de processos

A automação dos processos agrícolas oferece mais otimização nos resultados, como no planejamento da safra e na coleta de dados. Por consequência, é possível melhorar a fertilização, o controle de pragas, os plantios e muito mais.

Saiba quais são as principais tecnologias do smart farming 

Percebeu como o smart farming pode ser benéfico? Isso ocorre pelas tecnologias implementadas e que trazem inovação na agricultura. As principais são:

  • Internet das Coisas (IoT) — conecta máquinas e sensores para coletar dados do campo;
  • Inteligência Artificial — mapeia a área do campo e oferece insights;
  • Drones — analisam e contextualizam o andamento do campo;
  • Veículos autônomos — funcionam de modo automatizado, com base nos dados coletados.

Entendeu do que se trata o conceito de smart farming e como ele pode trazer evoluções para os produtores rurais? Investir nisso é a melhor maneira de ter vantagem competitiva, reduzir custos, otimizar processos, identificar precocemente doenças e pragas etc.

Quer saber como Jacto pode ajudar o seu negócio agrícola com o smart farming? Descubra com Jacto Next!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.