Acheter generique lexapro escitalopram des prix avantageux dans une pharmacie en ligne sans ordonnance Acheter celexa citalopram livraison gratuite d une pharmacie en ligne fiable Acheter Atarax (Hydroxyzine) de France M├ędicaments en ligne Acheter Cialis Professional 100 mg ED Pharmacy en ligne Acheter Cialis Super Active 20 mg en ligne

Tecnologias nas máquinas agrícolas

Confira o desenvolvimento da agricultura no Brasil e tendências!

Falar sobre o desenvolvimento da agricultura no Brasil e no mundo é também abordar um dos principais pilares do desenvolvimento socioeconômico. Afinal, diversas transações comerciais ocorrem graças aos produtos obtidos a partir dessa prática.

A agricultura utiliza um conjunto de técnicas que existem há milênios. Com o passar dos anos e o desenvolvimento da humanidade, novas tecnologias foram desenvolvidas para refinar a prática e trazer ainda mais qualidade para os plantios.

Neste post, saiba como ocorreu o desenvolvimento da agricultura no Brasil e veja quais são as tendências nessa área!

O que é a agricultura?

O termo “agricultura” tem como significado “a arte de cultivar”. Em outras palavras, trata-se de diversos métodos utilizados para trabalhar a terra e garantir que gere produtos para as mais diversas finalidades. 

Alimentação, produção de bioenergia, matéria-prima de roupas, medicamentos, materiais de construção — todos esses são produtos que podem ser obtidos a partir de técnicas de agricultura. 

O desenvolvimento dessas técnicas, por sua vez, permite o aumento da produtividade, da qualidade e do desempenho dos plantios. Desse modo, é possível obter melhores resultados e em menor tempo.

Como surgiu a agricultura?

Os registros mais antigos da agricultura são de cerca de 12 mil anos atrás. Diversas civilizações adotaram técnicas para cultivar o solo e garantir uma maior permanência em determinadas terras.

Entre 8 mil a.C. e 5 mil a.C., novas descobertas foram realizadas, como a capacidade de acender e manipular o fogo, mudando a forma como os alimentos eram preparados. O desenvolvimento dessas práticas, inclusive, mudou o estilo de vida de diversos povos, que até então eram nômades.

Conforme os métodos agrícolas se desenvolveram, os produtos começaram a sobrar. Para evitar o desperdício, passaram a ser utilizados como troca, a fim de expandir a variedade de alimentos e insumos agrícolas. Foi assim também que se deu início ao comércio.

Entre os séculos XVIII e XIX, foram desenvolvidas técnicas inovadoras para elevar a produtividade dos plantios, por meio da atividade pecuária, do uso de cavalos, da plantação em larga escala e da aplicação de fertilizantes.

Com a revolução tecnológica do início do século XXI, diversas soluções digitais também foram aplicadas na agricultura. Não é à toa que, atualmente, esse é um campo de alto desenvolvimento no Brasil e no mundo inteiro.

Como a agricultura se desenvolveu no Brasil?

Boa parte do setor agrícola do Brasil, com foco comercial, teve desenvolvimento no século XVI. O cultivo da cana-de-açúcar nas Capitanias Hereditárias fez com que a economia brasileira se movimentasse, principalmente, em torno da monocultura e dos latifúndios.

Com o passar dos anos, o Brasil teve novos focos, como a cafeicultura, que esteve em alta até o século XIX. O século XX, por sua vez, trouxe uma maior variedade de culturas, o que gerou um novo desenvolvimento econômico com diferentes focos.

Atualmente, o Brasil tem mais de 75,4 milhões hectares de área plantada, de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Desse total, mais de 80% é destinado para o cultivo de grãos.

Como a agricultura pode ser classificada?

A agricultura pode ser classificada em extensiva, com o uso de técnicas simples e pequenas extensões de terra, ou intensiva, com alta produtividade agrícola, latifúndios e técnicas mais refinadas.

Além desses dois sistemas de plantio, é possível classificar a agricultura em:

  • tradicional — também chamada de subsistência, voltada para o autoconsumo;
  • familiar — feita por pequenos produtores rurais, focada na subsistência da família e na comercialização;
  • orgânica — o cultivo verde tem como objetivo a promoção da sustentabilidade e do equilíbrio ambiental, com o uso das técnicas agrícolas;
  • comercial — com foco em produção de larga escala, a fim de atender à demanda econômica mundial.

Quais são as culturas mais comuns no Brasil?

A produção agrícola brasileira tem foco em poucas culturas. De acordo com os estudos do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), as culturas mais comuns no Brasil representam cerca de 70% da área agrícola ocupada no país, que giram em torno de:

  • cana-de-açúcar;
  • milho;
  • soja;
  • arroz;
  • feijão.

Quais são as tendências para o futuro?

O desenvolvimento da agronomia não para. O surgimento de novas tecnologias só têm acrescentado para o setor agrícola e traz uma série de tendências que vale a pena observar para o futuro. A seguir, confira o que não pode faltar na Agricultura 4.0!

Tecnologias verdes

O diálogo em torno da sustentabilidade e da responsabilidade socioambiental afeta as mais variadas esferas da sociedade. Tendo em vista que a agricultura lida diretamente com o meio ambiente e o solo, o uso de ferramentas ambientalmente conscientes se torna fundamental.

A função das tecnologias verdes na agricultura é garantir maior eficiência na produção, porém, com o mínimo de recursos naturais possíveis. Pulverizadores por carregamento eletrostático, por exemplo, são equipamentos que ajudam na diminuição de desperdícios e no controle do uso de água.

Vale a pena também chamar a atenção para a importância da agricultura familiar para o desenvolvimento rural sustentável. De acordo com o Censo Agropecuário de 2017 — o mais recente realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) — esse tipo de produção agrícola equivale a 23% dos estabelecimentos agropecuários do país e oferece cerca de 10,1 milhões de empregos.

Baixo consumo de combustível

O consumo consciente anda lado a lado com o desenvolvimento da agricultura no Brasil e a preservação ambiental. O uso de tecnologias eficientes também tem muito a contribuir para isso e se torna cada vez mais importante para o futuro.

Com equipamentos que atuam em conformidade com o Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), é possível diminuir a emissão de gás carbônico na atmosfera.

Ao mesmo tempo, máquinas com sistemas de transmissão híbrido, por exemplo, permitem reduzir o volume necessário de combustível para ter uma boa produtividade e um plantio mecanizado mais sustentável.

Agricultura de precisão

O desenvolvimento da agricultura também acompanha o aumento da acessibilidade à agricultura de precisão. Afinal, uma produção sustentável e inovadora, com o uso do melhor da tecnologia, não precisa estar disponível apenas para os grandes produtores.

O acesso a diferentes ferramentas e a possibilidade de investir em novos equipamentos de alta eficiência é um ponto importante. Sistemas inovadores de pulverização, colhedoras, adubadoras e demais máquinas e sensores na agricultura são fundamentais para o futuro.

Desse modo, com foco em inovação, sustentabilidade e qualidade, é possível contribuir positivamente para o desenvolvimento da agricultura e fazer parte de um futuro cada vez mais promissor. 

Este post foi útil para você? Então, aproveite a visita e conheça a Linha de Equipamentos da Jacto!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

6 Comentários

  1. Muito otimo

    1. Obrigado, Jucinei! 🤠☘️

  2. Eu gostaria de ter mas conhecimento sobre a jacto

    1. Boa tarde, Jucinei! Você pode conferir maiores informações sobre nossa empressa em nosso site: https://jacto.com/brasil. 🤠☘️

  3. I’ve been absent for a while, but now I remember why I used to love this blog. Thank you, I will try and check back more frequently. How frequently you update your web site?

    1. Hello, how are you?
      Thank you for your comment, we are very happy that you enjoy our content, and hope to see you here more often!
      Our blog is updated frequently

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.