Acheter generique lexapro escitalopram des prix avantageux dans une pharmacie en ligne sans ordonnance Acheter celexa citalopram livraison gratuite d une pharmacie en ligne fiable Acheter Atarax (Hydroxyzine) de France M├ędicaments en ligne Acheter Cialis Professional 100 mg ED Pharmacy en ligne Acheter Cialis Super Active 20 mg en ligne

Adubo sustentável: conheça as suas principais vantagens

Adubo sustentável: conheça as suas principais vantagens

Adotar práticas sustentáveis, que têm como objetivo preservar a natureza, além de reduzir a poluição e a emissão de gases de efeito estufa, não é apenas uma questão de consciência ambiental.

Algumas atividades são ideais para que os produtores possam economizar e atingir um público maior. É o caso do adubo sustentável, que envolve o uso de resíduos descartados e outros itens, com resultados bem similares à adubação mineral.

Neste post, falaremos mais sobre o conceito de adubo sustentável, suas principais fontes, as vantagens do seu uso e o papel da tecnologia nesse processo. Siga conosco!

O que é adubo sustentável?

Um produtor utiliza essa técnica quando ele transforma resíduos, como aqueles oriundos de animais e vegetais, em adubo. Assim, ele consegue reduzir o uso do produto mineral, o que proporciona benefícios tanto financeiros quanto sustentáveis — uma vez que usar apenas a opção mineral é uma alternativa mais cara.

Ao utilizar a versão animal, será possível diminuir os custos da lavoura como um todo. Além disso, muitos clientes preferem consumir produtos que sejam sustentáveis — então, os agricultores também conseguem vender mais para esse público.

Como funciona o adubo sustentável na lavoura?

Como fazer adubo sustentável? Ele pode ser extraído de diversas fontes e aplicado diretamente às lavouras. Vamos conhecer alguns métodos para obtê-lo a seguir!

Compostagem

A compostagem é uma modalidade de formação de adubo sustentável que utiliza a decomposição de sobras orgânicas, como folhas secas e alimentos.

No geral, ela é utilizada diretamente nas hortas com os produtores aplicando os elementos na terra após o plantio das mudas. Também é possível colocar o material sobre o solo, obtendo bons resultados.

Estercos de animais

O esterco — ou estrume — é proveniente, principalmente, de animais herbívoros, como aves, bovinos e suínos. É a forma mais tradicional de adubo sustentável.

Ele pode ser utilizado em hortas e em lavouras em geral, já que tem um potencial natural de fertilizante. Quando misturado a outras formas de adubos orgânicos, os resultados são ainda mais consistentes.

Grama

A grama cortada na sua propriedade também pode ser transformada em adubo natural para hortas, jardins e plantações. Ela oferece nutrientes essenciais às colheitas, como é o caso do nitrogênio.

O material também é responsável por formar uma proteção capaz de preservar a umidade do solo e reduzir a ação de fungos e pragas, e o crescimento de ervas daninhas.

Qual é a relação da sustentabilidade no campo com a adubação do solo?

Em primeiro lugar, vamos relembrar a própria definição de adubação do solo. Essa operação, também conhecida como fertilização, tem como objetivo inserir nutrientes no solo para que a planta possa usá-los conforme as suas necessidades.

Esse é o início do ciclo de implementação de qualquer cultura. Afinal, o solo é um reservatório de nutrientes que, gradualmente, vai perdendo força e é a adubação que vai repor os nutrientes, além de otimizar os atributos físicos do solo e torná-lo mais adequado ao plantio de culturas.

No momento da adubação, é preciso ter o cuidado de não jogar o produto fora da lavoura, aplicá-lo em excesso ou deixar sobrar material. Em todos esses casos, pode haver riscos ambientais.

Qual é a importância da produção de forma sustentável?

Um relatório da ONU afirma que a população mundial deve ultrapassar 9,7 bilhões de pessoas até 2050, o que gera grandes preocupações em relação à capacidade de produzirmos alimentos para todos. Além disso, a demanda por recursos naturais, como energia e água, também será maior.

É preciso acrescentar que, nesse cenário, não temos certeza sobre como as mudanças climáticas afetarão os meios de produção no campo. Dentro dessa discussão, entra a temática sobre agricultura sustentável, um movimento que abrange uma série de conceitos e técnicas de cultivo.

A agricultura orgânica é uma delas, promovendo a ideia de aumentar a produtividade, reduzindo a dependência de produtos inorgânicos. Porém, ela enfrenta muitos desafios.

Um deles está em sua inviabilidade para produções maiores. Além disso, o processo de decomposição e liberação é lento, sendo pouco viável para produtores que precisam de respostas mais imediatas. Nesses casos, muitos tentam o manejo — quando uma grande área é dividida em vários talhões e, em alguns deles, aplica-se o adubo orgânico.

Quais são as vantagens do adubo sustentável?

Quando o produtor utiliza o esterco no solo, por exemplo, ele deixa de jogá-lo na água. Por isso, o adubo sustentável melhora as condições físicas do solo e ainda é uma técnica de preservação direta do meio ambiente.

Por ser matéria orgânica, ele melhora a capacidade de infiltração da água, outro fator que contribui para a produtividade das lavouras. Essa opção também é versátil, uma vez que pode ser utilizada no cultivo de diferentes culturas, contribuindo para a produção de alimentos saudáveis.

Outra vantagem significativa é que o adubo sustentável evita desperdícios e gastos extras. O processo envolve a separação adequada dos resíduos, o que fará com que o produtor conheça melhor o que pode ser reaproveitado, evitando jogar tudo no lixo e perder a chance de economizar.

Qual é o papel da tecnologia nesse processo?

A tecnologia é o complemento perfeito para a aplicação do adubo orgânico, uma vez que as soluções também contribuem para a sustentabilidade no campo.

Nesse sentido, podemos citar algumas adubadoras de alto nível e sistemas dedicados à gestão do patrimônio rural. Ambas as soluções promovem uma aplicação mais direcionada de fertilizantes, melhorando os resultados e reduzindo o desperdício de insumos.

O uso de tecnologia não exige a abertura de novas áreas de cultivo, mas tem como objetivo melhorar a produtividade nas lavouras já existentes.

Muitas dessas tecnologias fazem parte do conceito de agricultura de precisão. Algumas das soluções que combinam inovação e produtividade agrícola são as seguintes:

  • precision way: tecnologia que garante precisão e qualidade na distribuição e dosagem de produtos, como fertilizantes e corretivos;
  • SmartSET: software que conta com um banco de dados com vários ajustes nos equipamentos, para garantir mais agilidade e qualidade na configuração da faixa de aplicação;
  • controle de bordadura: assegura que o produto não será aplicado para fora da área demarcada, fornecendo qualidade nas bordaduras, sem falar na redução do impacto ambiental e economia de produtos;
  • OTMIS: conjunto de soluções ligadas à agricultura de precisão, que incluem controle de dose variável, piloto automático e mapas de aplicação, entre outras funções.

Agora que você entendeu o que é o adubo sustentável, como fazer para extraí-lo e os seus benefícios, já sabe que ele pode ser utilizado por qualquer produtor que queira reduzir os gastos com modelos puramente minerais e, ainda, adotar práticas benéficas ao meio ambiente. Além disso, é possível utilizar a tecnologia para otimizar os processos.

Gostou do conteúdo e quer conhecer um produto que melhorará ainda mais a produtividade das suas culturas? Então, aproveite a visita e descubra como escolher o melhor fertilizante para a sua lavoura!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.