Acheter generique lexapro escitalopram des prix avantageux dans une pharmacie en ligne sans ordonnance Acheter celexa citalopram livraison gratuite d une pharmacie en ligne fiable Acheter Atarax (Hydroxyzine) de France M├ędicaments en ligne Acheter Cialis Professional 100 mg ED Pharmacy en ligne Acheter Cialis Super Active 20 mg en ligne

Agricultura de precisão

Agricultura de precisão: conheça o que é e como funciona

No cenário atual, em que a maximização do uso de insumos como fertilizantes e recursos não renováveis é essencial para atender a demanda mundial, juntamente com a adoção de práticas sustentáveis na produção de alimentos, a agricultura de precisão assume e continuará a desempenhar um papel crucial nesse processo.

Afinal, a necessidade de elevar a produção de alimentos nos próximos anos torna-se emergencial, contudo, ao mesmo tempo que deve-se ter eficiência ao utilizar somente os recursos necessários.

Para isso, preparamos este artigo que abordará os principais conceitos da agricultura de precisão e seus benefícios, além de detalhar os impactos, principais ferramentas e inovações para que você fique atualizado diante às transformações tecnológicas no agro. Aproveite a leitura!

O que é agricultura de precisão?

A agricultura de precisão é uma evolução da abordagem de administração de dados relacionados às culturas cultivadas, tendo como propósito fundamental aprimorar a produtividade, a sustentabilidade das propriedades rurais e a eficiência produtiva, seja para o pequeno, seja para o grande produtor.

Dessa forma, ela veio para otimizar os principais desafios relacionados ao campo, como avaliação da fisiologia vegetal, qualidade do solo, disponibilidade hídrica, monitoramento de pragas, doenças e ervas daninhas, eficiência de aplicação, geoprocessamento de áreas, entre outros fatores.

Além disso, de acordo com a divulgação do portal da Embrapa, no artigo Futuro da Agricultura Brasileira, o Brasil tem condições de se tornar um protagonista no cenário das agtechs, pois conta com um ecossistema de inovação robusto, com centros de pesquisa, universidades, startups e investidores.

Inclusive, são agtechs brasileiras que atuam na agricultura de precisão, assim como na automação, robotização, biotecnologia, marketplaces, midstream technologies, agricultura urbana, novas culturas agrícolas, fintechs e edtechs.

Quais as vantagens da agricultura de precisão?

Tomada de decisão inteligente

A agricultura de precisão pode favorecer uma tomada de decisão precisa de várias maneiras, como:

  • melhorar a eficiência: ela pode ajudar os agricultores a aplicar insumos com maior otimização, evitando desperdícios e custos desnecessários;
  • reduzir os riscos: contribui para identificar áreas com maior risco de pragas e doenças, o que permite tomar medidas preventivas;
  • elevar a produtividade: a agricultura de precisão pode ajudar os agricultores a otimizar o uso dos recursos, resultando em aumento da produtividade.

Por exemplo, será possível usar os dados de mapeamento da fertilidade do solo para aplicar insumos com taxas variáveis e, assim, garantir que a cultura receba a quantidade correta de nutrientes. Também será viável usar dados de previsão do tempo para planejar as operações agrícolas, como a irrigação e a colheita.

Acesso à informação na palma da mão

A eficiência é sinônimo da agricultura de precisão — pode-se usar o aplicativo diretamente no smartphone para monitorar o crescimento das culturas e levantar informações sobre qualquer divergência que possa surgir.

Melhor gestão do agronegócio

O grande diferencial dessa tecnologia é a capacidade de gerar insights que podem ser usados para melhorar a eficiência e a redução de custos, que são obtidos por meio do processamento do Big Data. Dessa forma, é possível alinhar estratégias, como as questões logísticas de transporte, e melhorar os cuidados na pós-colheita.

Qual o impacto da agricultura de precisão no agronegócio brasileiro?

A agricultura de precisão contribui para o aumento da competitividade do agronegócio brasileiro no cenário internacional. Estima-se que a sua utilização no plantio pode aumentar a produção em 67% e reduzir o gasto com fertilizantes em 50%.

O fato é que esse conjunto de implementos representa uma verdadeira revolução no campo e trará maiores oportunidades para os profissionais, sendo um mito considerar que a agricultura de precisão veio apenas para elitizar as produções e trazer acesso restrito — a verdade é que essa tecnologia está acessível a todos!

Ainda, de acordo com o portal da Embrapa, um levantamento recente mostrou que os agricultores brasileiros estão adotando práticas agrícolas regenerativas e sustentáveis em maior escala do que os agricultores americanos.

Por exemplo, a rotação de culturas e o plantio direto são 17% mais comuns no Brasil, enquanto a adoção de soluções de agricultura de precisão, como sistemas de irrigação inteligentes, é 12% maior.

Quais as principais ferramentas da agricultura de precisão?

A agricultura de precisão é uma abordagem da agricultura 4.0 que utiliza tecnologias e dados para gerenciar as operações agrícolas de forma mais eficiente e sustentável. Algumas das principais abordagens que podemos citar incluem:

  • navegação por satélite: permite que as máquinas agrícolas se movam com precisão, mesmo em áreas irregulares;
  • mapeamento da fertilidade do solo: identifica áreas com diferentes necessidades de nutrientes, permitindo que os insumos sejam aplicados de forma mais eficiente;
  • aplicação de fertilizantes e corretivos com taxas variáveis: possibilita que os insumos sejam aplicados na quantidade correta, de acordo com as necessidades da planta;
  • monitoramento instantâneo de condições da planta: viabiliza aos agricultores monitorar o crescimento e a saúde das plantas em tempo real;
  • controle georreferenciado de pulverizações: permite que os agricultores apliquem produtos químicos com precisão, evitando o desperdício e a contaminação;
  • utilização de mapas de produtividade: possibilita aos agricultores identificar áreas com maior ou menor produtividade, para que possam tomar medidas corretivas.

Também separamos as tecnologias que estão ganhando destaque no campo nesta década. Confira logo abaixo com mais detalhes.

Piloto automático agrícola

Para que você tenha uma ideia, os maquinários agrícolas mais modernos já saem de fábrica com piloto automático conectado ao GPS, além de automatizarem as operações do campo. Essa tecnologia permite georreferenciar a área e mapear suas heterogeneidades para uma melhor agricultura de precisão.

Semeadoras tecnológicas

Elas são mais precisas e homogêneas, evitando falhas de plantio ou semeaduras duplas. Além disso, a tecnologia de semeadura linha a linha por desligamento de seção permite um aproveitamento mais eficiente da área.

Taxa variável

A tecnologia de aplicação de insumos a taxas variáveis (ATV) é um conjunto de ferramentas e sistemas que permite aos agricultores aplicar insumos agrícolas em quantidades específicas, de acordo com as necessidades da área.

Além disso, os sistemas de GNSS e monitoramento de dados são outras tecnologias importantes para a agricultura de precisão. Esses sistemas permitem aos agricultores coletar e analisar dados sobre as condições de suas lavouras, o que pode ser usado para tomar decisões mais informadas sobre gerenciamento.

Drones

A aquisição de dados das lavouras é um desafio para aumentar a produtividade agrícola. O uso de drones com sensores acoplados é uma solução que pode ajudar a superar esse desafio, pois permite a coleta de dados de forma rápida, eficiente e segura.

Os sensores mais usados em drones para agricultura são:

  • câmeras RGB: capturam imagens coloridas que podem ser usadas para identificar problemas com as plantas, como pragas e doenças;
  • câmeras térmicas: obtêm imagens de infravermelho utilizadas para medir a temperatura das plantas, o que pode indicar estresse hídrico ou outros problemas;
  • reflectômetros: medem a reflexão da luz solar pelas plantas, podendo ser empregados para avaliar a saúde das plantas e a fertilidade do solo;
  • câmeras multiespectrais: capturam imagens em diferentes comprimentos de onda da luz, gerando informações mais detalhadas sobre as plantas e o solo.

Telemetria

A telemetria é uma tecnologia que permite a coleta e o compartilhamento de dados de forma remota. Na agricultura de precisão, ela é usada para coletar dados de máquinas agrícolas, como tratores, colheitadeiras e pulverizadores.

Inclusive, também está inclusa na Jacto Next — por meio da plataforma EKOS, o produtor pode acessar de maneira remota e online informações detalhadas sobre todos os seus equipamentos e sistemas agrícolas de diferentes marcas utilizados na fazenda. Isso inclui monitoramento do clima, gestão da frota agrícola, variações na produção da lavoura e outros dados relevantes.

Além disso, apresenta soluções integradas para agricultura digital, como:

  • instrução multimarcas;
  • assinatura de correção de sinais GPS;
  • desbloqueio da taxa variável.

Dessa forma, esses dados podem ser usados para monitorar o desempenho das máquinas, identificar problemas e ampliar a eficiência das operações agrícolas. E nesse sentido, é possível gerenciamento de erros e utilização de softwares integrados.

Quais são as etapas da agricultura de precisão?

A agricultura de precisão é uma abordagem que utiliza dados e tecnologias para gerenciar as operações agrícolas de forma mais eficiente e sustentável. Essa abordagem é dividida em três etapas: coleta de dados, planejamento e aplicação localizada.

Coleta de dados

A primeira etapa é a coleta de dados da lavoura. Essa etapa é essencial para que o agricultor possa tomar decisões informadas sobre como gerenciar seu cultivo. Os dados coletados podem incluir informações sobre o solo, as plantas, as pragas e as doenças.

Para coletar dados, o agricultor pode utilizar uma variedade de ferramentas, como GPS agrícola, drones, telemetria e sensores. É importante que os dados sejam coletados de forma precisa e confiável.

Planejamento

Com os dados coletados, o agricultor consegue elaborar um plano de gerenciamento para a lavoura. Esse plano deve considerar as necessidades específicas de cada área.

O plano de gerenciamento pode incluir informações sobre as melhores práticas de plantio, colheita, irrigação e aplicação de insumos. O agricultor também deve considerar os custos e os riscos associados a cada prática.

Aplicação localizada

A última etapa é a aplicação localizada de insumos. Ela é importante para evitar o desperdício e melhorar a eficiência da produção.

Para aplicar insumos de forma localizada, o agricultor pode utilizar ferramentas como drones aplicadores e sistemas de taxa variável.

Quais as diferenças entre agricultura convencional e de precisão?

O modelo convencional é um sistema de produção agrícola que utiliza técnicas baseadas na experiência do agricultor. Nesse sistema, os insumos agrícolas, como fertilizantes, defensivos agrícolas e sementes, são aplicados de maneira uniforme em toda a área cultivada, independentemente das variações de condições de solo, clima e produtividade.

Já o outro modelo gerencia as operações agrícolas de forma mais eficiente e sustentável. Nessa versão, os insumos agrícolas são aplicados de forma localizada, de acordo com as necessidades específicas de cada área da lavoura.

Em suma, a agricultura de precisão é crucial para melhorar a tomada de decisão e a eficiência das operações agrícolas. A cada dia, novas plataformas, tecnologias e sensores são desenvolvidos para auxiliar na coleta, análise e aplicação de dados nas lavouras. Isso é cada vez mais importante no agronegócio, pois permite aos agricultores aproveitar melhor os recursos naturais e reduzir os custos de produção.

Gostou do artigo? Na Jacto, você encontra informações atualizadas sobre o setor agro brasileiro em diversos segmentos. Continue aprendendo com os nossos conteúdos do blog!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.