Acheter generique lexapro escitalopram des prix avantageux dans une pharmacie en ligne sans ordonnance Acheter celexa citalopram livraison gratuite d une pharmacie en ligne fiable Acheter Atarax (Hydroxyzine) de France M├ędicaments en ligne Acheter Cialis Professional 100 mg ED Pharmacy en ligne Acheter Cialis Super Active 20 mg en ligne

Como deve ser realizado o monitoramento de insetos e pragas no campo?

Uma safra bem-sucedida depende de diversos fatores: boas condições climáticas, manejo adequado, uso de tecnologias e técnicas de plantio. Contudo, não podemos nos esquecer de outra rotina imprescindível: o monitoramento de insetos e de outras pragas do campo.

Atualmente, esse controle é mais acessível de se fazer, já que existe uma série de táticas com.+ eficiência reconhecida e de tecnologias para melhorar o uso de defensivos agrícolas e o reconhecimento das pragas. Continue a leitura para entender a importância do monitoramento e como fazê-lo na prática!

Qual é a importância do monitoramento de insetos e de pragas no campo?

O monitoramento de insetos e de outras pragas típicas do campo é essencial para maximizar a produtividade das colheitas. Sem o acompanhamento e o combate efetivo, a sua lavoura pode ser arruinada pela ação das pragas.

Além dos insetos, há outros problemas, como as ervas daninhas. Elas podem cruzar com outras plantas e gerar novos frutos, que não têm muita utilidade para o produtor e são ainda mais resistentes aos defensivos agrícolas.

Há algumas décadas, realizar o monitoramento de insetos e pragas era um grande desafio para os produtores rurais. Isso porque não havia tantas técnicas disponíveis para o combate, então, as ações traziam riscos para a produtividade.

Assim, o combate às pragas acabava danificando boa parte da colheita. Hoje, temos práticas agrícolas modernas, como o Manejo Integrado de Pragas (MIP). Além disso, a tecnologia está cada vez mais presente no campo, por meio de drones, satélites, sensores e outros equipamentos.

O Manejo Integrado de Pragas surgiu especificamente na década de 1960, como uma opção mais precisa em relação aos métodos de uso dos defensivos agrícolas que eram colocados em ação até então. O MIP trouxe um conjunto de técnicas modernas baseadas no estudo cuidadoso dos insetos, assim como dos seus inimigos naturais e da forma que esses dois elementos poderiam ser combinados para preservar a lavoura.

O que observar ao fazer o monitoramento de pragas no campo?

Antes mesmo de recorrerem a tecnologias e técnicas avançadas, cada produtor e seus colaboradores podem realizar o monitoramento por conta própria. Vamos conhecer as principais táticas para isso!

Pesquise as pragas

A primeira etapa é mapear os insetos nocivos e as pragas existentes na propriedade. Isso porque um controle eficaz da infestação depende da identificação exata dos predadores da lavoura, uma vez que cada contexto exige um produto diferente.

Reconheça os inimigos naturais

Depois de pesquisar e identificar as pragas, é recomendado que você identifique os seus inimigos naturais para entender como utilizá-los no combate. A dose de aplicação do produto biológico também varia, então, é necessário contar com profissionais que entendam bem do tema antes de realizá-la.

Use o biocontrole

As ações de biocontrole servem para prevenir, erradicar ou, ao menos, reduzir a infestação de doenças nas plantações. As medidas devem ser implementadas após o reconhecimento dos inimigos naturais, já que eles serão utilizados.

Esses inimigos podem ser outros insetos, protozoários, vírus, fungos ou bactérias, agentes patogênicos e parasitas.

Avalie os danos

Cedo ou tarde, os insetos tendem a aparecer. Contudo, caso o seu planejamento seja bem-feito, não será preciso se desesperar. Avalie a totalidade do dano causado pela infestação — e, somente após esse exame, utilize os defensivos agrícolas de maneira mais precisa.

Ou seja, é necessário analisar cuidadosamente o nível de dano provocado pela infestação e, então, aplicar defensivos agrícolas de modo consciente e sensato. Inclusive, o uso em excesso faz com que as pragas desenvolvam resistência aos produtos regulares.

Monitore constantemente

Não existe o combate preciso sem o monitoramento constante das suas plantações. É fundamental coletar amostras dos danos causados para descobrir quais são os insetos e as pragas presentes, assim como para identificar o grau de ameaça à lavoura.

De modo geral, essa coleta pode ser feita com um pano-de-batida ou com armadilhas de atração. Caso você queira um acompanhamento realmente bem-feito, os drones são também muito úteis para que se tenha uma visão ampla das áreas atingidas.

Como pode ser feito o monitoramento de insetos e de pragas no campo?

Um monitoramento que cubra a maior área possível e permita ações mais precisas depende de todos os cuidados que citamos no tópico anterior, mas também da tecnologia. Por isso, adote os princípios da agricultura digital (também conhecida como agricultura de precisão) nas suas práticas diárias.

A agricultura de precisão é uma evolução natural das práticas introduzidas pelo Manejo Integrado de Pragas. Trata-se de um modo de gestão dos processos agrícolas que utiliza máquinas modernas e tecnologias desenvolvidas para elevar a produtividade geral da propriedade.

Nesse sentido, ela engloba todo o processo produtivo: a análise do solo, a fertilização, o plantio, a colheita, a transformação e a comercialização dos produtos prontos e, é claro, o monitoramento e a defesa efetiva dos insetos e das pragas.

A agricultura de precisão deve ser adotada para garantir uma análise de dados sistemática, que gere um conhecimento relevante para o produtor. Por meio das tecnologias, será possível analisar as variações climáticas, o volume de produção de cada planta, as perdas nas safras e as despesas exatas com defensivos agrícolas. Além de tudo, será viável mensurar os resultados.

Algumas das soluções que ajudam na implementação da agricultura de precisão aos seus processos rurais são as seguintes:

  • Armadilhas Eletrônicas Inteligentes, presentes na Jacto Next, a área de serviços especializados na agricultura de precisão da Jacto. A funcionalidade de armadilhas é acionada por meio do módulo de Monitoramento Integrado Inteligente de Pragas (MIIP), que está presente na plataforma EKOS;
  • Instrumentação Multimarcas, que é outra funcionalidade presente na Jacto Next e na plataforma EKOS. Com essa ferramenta, será possível gravar todas as informações que são registradas no protocolo de comunicação das máquinas multimarcas utilizadas na propriedade e enviar informações para o servidor em nuvem da Jacto. Assim, o produtor poderá otimizar o preparo de solo, o plantio, os tratos culturais e a colheita;
  • aplicação de glifosato, recorrendo aos pulverizadores e usando defensivos químicos. Tudo isso é importante para combater tanto os insetos como as ervas daninhas e as doenças bacterianas e fúngicas. Essas práticas são muito relevantes nas plantações de eucalipto, por exemplo.

Como você viu no artigo, o monitoramento de insetos e pragas é bem mais fácil quando as técnicas de pesquisa de pragas, de coleta de amostras e de uso do biocontrole são combinadas à implementação de tecnologia avançada. Aí, tanto o acompanhamento como o combate se tornam mais precisos e mantêm a boa produtividade das colheitas.

Aproveite a visita ao nosso site para conhecer as soluções Jacto voltadas à Agricultura Digital e outros serviços!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.