design de máquinas agrícolas

Design de máquinas agrícolas: fique por dentro de 6 inovações

O design de máquinas agrícolas pode fazer toda a diferença nos resultados de uma produção. A tecnologia, baseada conceitos de engenharia e desenho industrial, leva o setor agrícola ao progresso. E as inovações não param.

A cada ano, surgem máquinas e ferramentas que podem ser grandes aliadas na hora de aumentar a produtividade da sua propriedade, garantindo o crescimento sustentável.

Porém, é natural que o produtor se pergunte qual diferença o design poderia fazer em sua produção. Saiba que o desenho de cada equipamento não se limita apenas à sua aparência, mas também à sua funcionalidade. Por isso, a escolha de máquinas agrícolas pode fazer a diferença para a sua propriedade. 

As máquinas utilizam conceitos de produtividade e ergonomia que se adéquam às demandas do produtor e suprem necessidades de longa data do trabalhador do campo. Como? Acompanhe as inovações que apresentamos!

Aumento do vão livre

O vão livre é a distância entre o chassi da máquina e o solo. Ele atua com grande importância no design, principalmente por dois fatores. O primeiro é a preservação do equipamento.

Isso, porque, quanto mais alta for a máquina, em especial quando se fala em máquinas de corte, maior é a preservação de sua integridade, evitando desgastes e impactos. Dessa forma, torna-se possível elevar o tempo de uso enquanto se evitam problemas e manutenções muito caras.

O aumento do tamanho do vão livre também favorece o fluxo da palha. Isso acontece porque, quando algumas folhagens secas são depositadas sobre o cultivo, conforme a máquina corta a plantação, a palha se acumula, formando uma camada que pode chegar a 30 cm. 

Caso a máquina seja muito baixa, essa situação pode embuchar o aparelho, pelo excesso de palha embaixo. Isso exige do colaborador uma pausa no trabalho para retirar esse material.

Dessa forma, um vão livre bem elaborado no design da máquina agrícola permite que a palha passe por baixo do equipamento com fluidez. Assim, não há a necessidade de interromper a tarefa para realizar o desembuche, o que aumenta a produtividade do time. Outra vantagem é a preservação da qualidade da palha, uma vez que ela passa pela máquina sem grandes dificuldades.

Redução da distância entre os pontos de deposição da semente e do adubo/fertilizante

Na hora de plantar, é importante depositar o adubo, cobrir com terra e, por cima, colocar a semente. Dessa forma, deve ser respeitada a distância ideal da máquina para posicionamento do adubo ou fertilizante e da semente. 

Assim, haverá o espaço correto para que a raiz se aprofunde e não seja derrubada facilmente. Além disso, fica mais fácil para a planta encontrar água em partes mais profundas do solo.

Porém, essa distância entre o local no qual o adubo é colocado e onde é inserida a semente não pode ser muito grande. Isso, porque, com uma separação maior, durante as curvas na hora do plantio, o adubo e a semente podem não ficar bem posicionados no solo.

Uma das grandes inovações no design de máquinas agrícolas é a redução da distância entre o disco de adubo e o disco de semente. Isso permite que esses dois elementos também estejam mais próximos na hora de plantar, evitando dois rastros nesse momento. 

Vale ressaltar que isso é possível sem alterações no tempo de deposição, mantendo-o adequado ao sucesso do plantio.

Presença de diversos pontos de ajuste

A consistência do solo depende região, exigindo que as máquinas se adaptem a essas mudanças de condições. Ao considerar, inclusive, uma mesma região, você pode observar que o solo varia ao longo do dia e dependendo do clima, como chuva ou sol intenso.

Dessa forma, uma outra inovação que chega para agregar valor ao maquinário agrícola são os pontos de ajustes. Eles permitem que você regule a máquina com facilidade de acordo com essas condições, garantindo um bom desempenho na realização do trabalho.

Isso é importante porque, na janela de plantio, você precisa ganhar tempo para garantir o sucesso do processo. Dessa forma, se chover em um dia, é necessário ter uma máquina capaz de se adaptar a esse tipo de condições de forma simples e prática.

Maior eficiência energética

Para abrir um solo, por exemplo, é necessário que a máquina gaste energia. Porém, isso consome recursos do planeta. No agronegócio, afinal, também é importante pensar na sustentabilidade e na preservação do meio ambiente.

É aí que entra esta outra inovação: o aumento da eficiência energética. É importante que, no caso da abertura do solo, a máquina tenha um design capaz de permitir o melhor sulco, que seja adequado para a planta, mas com o menor gasto energético possível.

Além de evitar o desgaste ambiental, isso reduz os custos para você, principalmente no que se refere ao uso de combustível.

Melhor sistema de corte

Para evitar o embuchamento da máquina — um dos grandes problemas na hora do corte —, é necessário que o design vá além do vão livre, incluindo elementos relacionados ao sistema de corte do equipamento. Isso envolve tanto a posição do disco de corte quanto o cuidado com as pontas.

As máquinas mais modernas e inovadoras têm um disco em um ângulo que permite maior eficiência nesse processo. Afinal, não adianta enterrar o disco no solo, é necessário que ele corte.

Além disso, para evitar o embuchamento, é preciso tomar cuidado com as pontas, que, ao longo da estrutura da máquina, são salientes. Se houver muitas pontas salientes, elas se enroscarão na palha, gerando o embuchamento. Para evitar isso, o sistema de corte também deve ter um design com espaços de deslizamento, e não de parada.

Tamanho pensado para transporte em rodovias

Como você pode perceber, existem muitas inovações no design de máquinas agrícolas. Isso inclui o tamanho ideal para que elas possam ser facilmente transportadas por rodovias. Além de seguirem as normas ISO, as máquinas Jacto têm adequação às leis que indicam limites métricos para transporte em estradas.

Um caminhão pode chegar a até 2 metros e 60 centímetros de largura, e os equipamentos Jacto podem ser ajustados para essas dimensões. Alguns veículos podem ter até 3,20 metros, mas ser transportados sem auxílio de batedor. Isso, porque o maquinário é desmontável, o que permite a reorganização para o percurso.

Todas essas inovações em design de máquinas agrícolas permitem que você aumente a produtividade da sua propriedade, uma vez que tornam os equipamentos mais eficientes. Ainda, elas reduzem custos e impactos ao meio ambiente, sendo importante levar esses fatores em consideração na hora de comprar máquinas agrícolas

O mais importante, porém, é lembrar que elas possibilitam a excelência na realização das tarefas, potencializando as chances de sucesso da sua plantação.

A Jacto é referência no mercado de máquinas agrícolas, sendo pioneira em relação às novidades do setor. Entre em contato conosco e conheça as soluções que oferecemos!

Compartilhe !

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.