Acheter generique lexapro escitalopram des prix avantageux dans une pharmacie en ligne sans ordonnance Acheter celexa citalopram livraison gratuite d une pharmacie en ligne fiable Acheter Atarax (Hydroxyzine) de France M├ędicaments en ligne Acheter Cialis Professional 100 mg ED Pharmacy en ligne Acheter Cialis Super Active 20 mg en ligne

transporte de maquinas agricolas: máquina agrícola

Transporte de máquinas agrícolas: como é feito e cuidados

O transporte de máquinas agrícolas é crucial quando torna-se necessário realizar reparos ou, até mesmo, a substituição de veículos no campo. Por isso, é fundamental ter uma boa preparação para que seja possível cumprir com as regulamentações de segurança, além como o treinamento especializado para evitar incidentes.

Como esse tema gera muitas dúvidas, preparamos este guia detalhado que abordará quais são os principais tipos de máquinas transportadas, as boas práticas de segurança e os principais desafios nesse planejamento. Também separamos algumas dicas de ouro sobre como realizar esse procedimento de maneira eficiente e prática.

Ficou interessado? Então, continue a leitura!

O que é uma máquina agrícola e qual é a sua importância?

Máquinas agrícolas são equipamentos projetados para auxiliar nas atividades do campo, visando aumentar a produtividade e eficiência das atividades do agronegócio.

Elas são fundamentais para o desenvolvimento da agricultura moderna, pois permitem a realização de tarefas de maneira mais rápida e precisa do que o trabalho manual.

Além disso, segundo o estudo Visão 2030 divulgado pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), a utilização de maquinários na otimização será crucial para contribuir na expansão de alimentos em média 35% até 2030, bem como esses implementos devem estar atrelados à sustentabilidade energética. E, dentre os principais tipos, destacam-se os tratores, as colheitadeiras, as plantadeiras e os pulverizadores.

O maquinário agrícola desempenha um papel fundamental na agricultura atual ao tornar as operações mais eficientes e aumentar a produtividade no campo, especialmente para grãos como soja, em que só na safra de 2022/23 obteve 369,029 milhões de toneladas. Afinal, esses implementos permitem a execução de tarefas de grande escala em curtos períodos, o que otimiza o uso dos recursos — como mão de obra e tempo.

Inclusive, essas máquinas possibilitam a aplicação precisa de insumos agrícolas, como fertilizantes e defensivos, reduzindo os desperdícios e impactos ambientais. Com o auxílio das máquinas, os agricultores podem enfrentar desafios como o aumento da demanda por alimentos e a necessidade de produção sustentável.

Quais são os tipos de máquinas agrícolas transportadas?

Diversos tipos de máquinas agrícolas precisam ser transportados para diferentes regiões, de acordo com as necessidades das lavouras.

Entre as mais empregadas nos campos — e que são mais comumente transportadas —, temos:

  • arados: para preparar o solo quebrado e proporcionar melhor aeração e umidade;
  • carregadeiras: responsáveis por transportar insumos agrícolas;
  • carrinhos coletores: usados para colher e transportar produtos da terra, tais como frutas e hortaliças;
  • colheitadeiras: utilizadas para a colheita de culturas como trigo, milho e cevada;
  • cultivadores: preparam o terreno antes da semeadura, removendo ervas daninhas e misturando os fertilizantes;
  • escavadeiras: frequentes no âmbito da construção civil, são também empregadas na agricultura para remover o solo e as pedras, além de erigir canais e valas;
  • pulverizadores: usados para aplicar defensivos e fertilizantes químicos via folia nas plantações;
  • reboques: destinados para o transporte de cargas, como grãos e forragens;
  • semeadores: para semear os campos;
  • tratores: apropriados para arar o solo, cultivar, colher e, até mesmo, transportar cargas.

Quais são as práticas de segurança na operação de máquinas agrícolas?

A operação segura das máquinas agrícolas é crucial para evitar acidentes e garantir a proteção dos operadores e das demais pessoas envolvidas. A seguir, conheça algumas das práticas de segurança essenciais!

Utilização de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual)

Os operadores devem utilizar os EPIs recomendados para cada tipo de máquina. Esses equipamentos oferecem proteção contra lesões e possíveis acidentes durante a operação.

O proprietário rural deve fornecer equipamentos de proteção aos seus trabalhadores. Esses itens são necessários para atividades em ambientes rurais, e incluem:

  • equipamento de proteção ocular e facial;
  • chapéus de aba larga;
  • máscaras respiratórias;
  • jaquetas;
  • calçados resistentes;
  • protetores auditivos;
  • luvas;
  • mangotes.

Oferecer treinamento para os operadores

Os operadores das máquinas agrícolas devem receber treinamento adequado para a operação dos equipamentos. Isso inclui conhecer as especificações técnicas de cada máquina, as práticas de segurança e os procedimentos de emergência em caso de problemas.

Em caso de incidentes, o operador será responsabilizado por sua capacitação adequada. Afinal, é muito comum que ele atue em áreas sem a capacitação apropriada no campo, o que motiva as autoridades e seguradoras a exigirem o certificado de treinamento do profissional que esteja envolvido.

Planejamento de manutenção periódica

A manutenção periódica das máquinas é essencial para garantir o seu bom funcionamento e segurança. Realizar inspeções regulares e seguir as orientações do fabricante contribui para evitar falhas e problemas durante o transporte e a operação.

Dessa forma, a realização de manutenção preventiva é essencial para prevenir ocorrências que possam expor o operador a riscos. Além disso, contribui para ampliar a durabilidade do equipamento.

Realização de ações para evitar improvisos

Não improvise na operação das máquinas. Siga as orientações do manual do fabricante e evite realizar modificações que possam comprometer a segurança e a integridade dos equipamentos.

Realizar modificações apressadas, recorrendo a “gambiarras” para forçar a continuidade do funcionamento, pode criar sérios prejuízos. Além de afetar a integridade da máquina, isso também pode causar acidentes.

Como é feito o transporte de máquinas agrícolas?

O transporte de máquinas agrícolas requer planejamento cuidadoso, assim como a escolha de veículos adequados para garantir a segurança e o bom estado dos equipamentos.

Normalmente, tratores e outras máquinas menores podem ser transportados por meio de caminhões prancha ou reboques. Já as colheitadeiras e máquinas de maior porte requerem equipamentos especiais, como carretas rebaixadas e pranchas extensíveis.

Em suma, o transporte deve ser feito por motoristas experientes, que conhecem as particularidades das máquinas agrícolas e têm habilidade para conduzi-las durante o deslocamento.

Além desses pontos, veículos que ultrapassam os limites de peso e dimensões especificados pelo CONTRAN precisam obter uma Autorização Especial de Trânsito (AET). Além disso, deve-se observar as leis locais e estaduais pertinentes às operações de transporte.

Inclusive, você sabia que existem diferentes tipos de autorização para o transporte de máquinas agrícolas? Aqui estão algumas informações importantes: a licença Federal é emitida pelo DNIT para rodovias federais; para as estaduais, é o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) do estado que emite o documento.

Por fim, existem licenças mensais, anuais e de viagem única — cada uma com sua própria validade.

Quais são os pontos de atenção ao realizar o transporte de máquinas agrícolas?

Durante o transporte de máquinas agrícolas, é importante observar alguns pontos de atenção para garantir a segurança e integridade dos equipamentos. Veja!

Fique atento ao que diz a lei local

As regulamentações sobre o transporte de máquinas agrícolas podem variar de acordo com a legislação de cada localidade. Verifique as normas de trânsito e as exigências legais para tal, como a necessidade de autorizações especiais, dimensões máximas permitidas e horários de circulação.

De acordo com a legislação em vigor, o tráfego de veículos está limitado a uma extensão máxima de 4,4 metros e uma largura de 2,6 metros. Por conseguinte, um trator agrícola pode circular desde que esteja equipado com dispositivos de segurança apropriados — tais como placas de identificação, faróis, lanternas, alarme de marcha-atrás, buzina, e assim por diante. O condutor deve, ademais, apresentar uma licença de condução com pelo menos a categoria C.

As colhedoras e outros implementos não são considerados veículos, pois não foram desenvolvidos para andar nas rodovias. Isso significa que o desgaste dos pneus pode aumentar consideravelmente quando percorrido em asfalto. Por esse motivo, esses equipamentos necessitam ser transportados em caminhões prancha, construídos exclusivamente para tal propósito.

Prepare o maquinário

Antes de iniciar o transporte, verifique se o maquinário está em boas condições, com todos os componentes devidamente fixados e protegidos.

Também certifique-se de que as partes móveis — como os braços da colheitadeira — estão devidamente travadas e protegidas, para evitar danos durante o transporte. Veja se o tanque de combustível está na capacidade adequada e se os pneus estão com a pressão correta.

Verifique a necessidade de emitir o AET (Autorização Especial de Trânsito)

Em alguns casos, o transporte de máquinas agrícolas pode exigir a emissão de uma Autorização Especial de Trânsito, especialmente quando as dimensões do equipamento excedem o limite estabelecido pela legislação local. Certifique-se de verificar a necessidade dessa autorização com antecedência, para evitar problemas durante o transporte.

A Jacto possui diversos pulverizadores de grande porte que satisfazem os limites da resolução da lei, uma vez que máquinas agrícolas com altura superior a 4,40m devem ser transportadas por reboque tipo plataforma em caminhão.

Para finalizar, Paulo Henrique Bueno, gerente de negócios da empresa, faz questão de destacar que a Jacto se preocupa em garantir que os limites de tamanho sejam seguidos, o que elimina a necessidade de uma autorização de excesso de tamanho (AET).

Como escolher a melhor empresa de transporte para máquinas agrícolas?

Ao contratar uma empresa de transporte para máquinas agrícolas, é essencial escolher um prestador de serviços confiável e experiente. Verifique a reputação da empresa no mercado, sua capacidade de transporte de maquinário agrícola e se ela possui os equipamentos adequados, além de tecnologias eficientes na direção automática.

Além disso, certifique-se de que a mesma conta com motoristas qualificados e experientes em realizar esse tipo de transporte.

Quais são os desafios para o transporte de máquinas agrícolas?

Os principais desafios no transporte de máquinas agrícolas estão ligados à logística no Brasil, especialmente devido à sua grande extensão territorial e a fatores como volumes, distâncias, custos e sazonalidades.

Ao lidar com inúmeros pontos, deve-se ter atenção especial à grande quantidade de exportação, à diversidade de regulamentos de cada país, às distâncias proporcionais aos custos e ao transporte de produtos perecíveis. Todos esses detalhes demandam cuidados na hora de planejar a rota de entrega e manejar a distribuição.

Dessa maneira, a logística agrícola tem um custo maior do que o normal devido às regras específicas para o transporte — como tamanho, peso, volume, temperatura e requisitos de seguro e equipamento. Além disso, pode ser difícil manter o estoque, pois os produtos relacionados à agricultura são sazonais e sofrem alterações de acordo com o mercado.

Planejar o transporte de máquinas agrícolas com cautela é importante para garantir maior segurança. Essa precaução também promoverá a preservação dos equipamentos. Contudo, é necessário considerar a legislação local e os detalhes peculiares do veículo — especialmente os abordados neste guia.

Gostou do post? Para ficar sempre atualizado sobre tudo o que acontece no agro, não deixe de acompanhar o nosso blog!

Quer ainda mais dicas? Cadastre-se agora para receber nossa newsletter!

receba nossos conteúdos exclusivos gratuitamente por email!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.